Malena Oliveira

CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE!!

Orçamentos devem prever reajuste do Piso Salarial Profissional Nacional dos professores para 2011.


PDF Imprimir E-mail
CNTE Informa 539
A legislação orçamentária nacional prevê que até o dia 31 de agosto, os Executivos estaduais, municipais e distrital devem encaminhar suas propostas de Lei Orçamentária Anual (LOA) para os respectivos poderes legislativos, de modo que, necessariamente, a previsão de reajuste dos vencimentos (ou remunerações, segundo liminar do STF à ADI 4.167) inicias de carreira do magistério público da educação básica, a viger a partir do 1º de maio de 2011 - conforme estipula o PLC 321/09, aprovado semana passada no Senado - não poderá ficar abaixo do piso salarial profissional nacional da categoria, que, de acordo com as estimativas atuais, sofrerá reajuste de 15,29% em 2011.
Há tempos, a CNTE tem alertado seus sindicatos filiados sobre a necessidade de intervirem no processo de construção do orçamento dos entes federados. Recentemente, o Programa de Formação da Entidade tratou da temática em fascículo (nº 5) intitulado “negociação coletiva e orçamento público na área de educação”. O material encontra-se disponível nos sindicatos que aderiram ao programa de formação sindical da CNTE.
Sobre o percentual de reajuste do PSPN
A aplicação do reajuste do piso nacional do magistério, que serve de referência para o menor vencimento (ou remuneração) inicial de carreira de todos os entes federados, deve considerar o seguinte para o ano de 2011:
A nova redação proposta ao art. 5º da Lei 11.738 prevê, em seu parágrafo 1º, que a atualização do piso “(...) será dada pelo percentual de aumento consolidado do valor anual mínimo por aluno referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano, definido nacionalmente nos termos da Lei nº 11.494, de 20 de junho de 2007, verificado entre os dois exercícios anteriores ao exercício em que deverá ser publicada a atualização.”
Á luz dessa lógica, a Portaria MEC nº 496, de 16 de abril de 2010, publicou o valor per capita consolidado do Fundeb (anos iniciais do ensino fundamental urbano) praticado em 2009, que foi de R$ 1.227,17.
Já a Portaria MEC nº 538, de 26 de abril de 2010, redefiniu o valor mínimo do Fundeb, para o ano de 2010, à quantia de R$ 1.414,85.
Portanto, em se mantendo o atual valor mínimo do Fundeb até a aprovação das LOAs, o PSPN deve acumular reajuste de 15,29%, que representa a diferença per capita do Fundo da Educação Básica entre 2009 e 2010, a ser considerada em 2011 para o piso salarial do magistério.
Caso haja alterações do valor mínimo do Fundeb, antes da aprovação das LOAs, os orçamentos devem se adaptar a tais modificações. Contudo, os orçamentos também poderão sofrer possíveis ajustes, mesmo depois de aprovados, caso a consolidação do valor per capita de 2010 - que será anunciada somente em abril de 2011 - seja diferente da previsão atual.
Diante de tais informações, é imprescindível que os sindicatos acompanhem o processo de previsão orçamentária para reajuste do PSPN em 2011, a fim de evitar mais procrastinações dos gestores públicos. As consultas às Portarias do Fundeb devem ser feitas no endereço http://www.fnde.gov.br/index.php/fundeb-legislacao.
Sobre o valor do PSPN
Conforme exposto em outras ocasiões, o PLC 321/09 (correspondente ao PL 3.776/08, em trâmite na Câmara dos Deputados) não tratou de estipular (ou pacificar) valor para o PSPN, sobretudo em decorrência das inúmeras interpretações suscitadas após o julgamento da liminar da ADI 4.167, no Supremo Tribunal Federal.
Neste sentido, a CNTE mantém o entendimento de que o PSPN deveria ter sido corrigido, a partir de janeiro de 2009, sobre o percentual aplicado ao valor mínimo do Fundeb, a cada ano, conforme dispõe a Lei 11.494. Isso porque 60% do valor per capita do Fundo, previsto para a vigência anual, destina-se à remuneração dos profissionais do magistério. Por esta lógica, o Piso, em 2010, corresponde a R$ 1.312,85 e passará a ser de R$ 1.513,58, em 2011, caso o percentual de reajuste se mantenha em 15,29%. Porém, ao arrepio da Lei, o Ministério da Educação, baseado em parecer da Advocacia Geral da União, considerou o piso nacional, em 2010, no valor de R$ 1.024,67. Isso, de acordo com a atual previsão de reajuste, elevaria o piso à quantia de R$ 1.181,34 na visão dos gestores.
A CNTE não tem dúvida de que, até que a questão do reajuste seja esclarecida judicialmente, a luta sindical será essencial para a conquista da melhor referência aos vencimentos iniciais de carreira, nos estados e municípios.
     Reajustes do PSPN na visão CNTE                                   Reajuste do PSPN (ao arrepio da Lei)
ANOÍNDICEVALOR
2008-R$ 950,00
200919,2%R$ 1.132,40
201015,93%R$ 1.312,85
201115,29%R$ 1.513,58
ANOÍNDICEVALOR
2008-R$ 950,00
2009-R$ 950,00
20107,86%R$ 1.024,67
201115,294%R$ 1.181,34
(*) não obstante o critério de reajuste para 2010, a não recomposição nesse ano agravou as perdas dos trabalhadores.
Plano de carreira

O art. 6º da Lei 11.738 estipulou prazo até 31 de dezembro de 2009 para que estados, municípios e o Distrito Federal construíssem ou adequassem seus planos de carreira do magistério aos preceitos da lei federal. Portanto, os entes que não cumpriram este preceito, ou aqueles que estejam remunerando abaixo do piso nacional, devem ser denunciados aos ministérios públicos estaduais e federal.



Disponivél em: http://www.cnte.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=4477Itemid=85        Acesso em 16/07/2010


OBS.: Um ótimo final de semana...abraços
Malena

128 comentários:

Anônimo 8 de setembro de 2010 17:02  

Aqui em Guarapari-ES, a prefeitura paga para um professor pós graduado menos de R$1.000,00 e ainda alega que paga acima do piso nacional já que a carga horária semansl são 25h. Está correto?

Malena 8 de setembro de 2010 17:16  

Bem....infelizmente ainda nao temos nenhum apoio concreto que possa reverter isso, pois na lei do piso nacional dos professores, diz que é até 40 hs semanais...mas a interpretação das prefeituras fica somente nas 40 hs ...A lei esta ai...porem precisamos urgente de um respaldo oficial do Mec...pra garantir o cumprimento total da lei, sem que fique nas entrelinhas..como tem acontecido. Abraços

Anônimo 12 de setembro de 2010 16:23  

QUAL O PISO DE QUEM TEM GRADUAÇÃO E PÓS ETC??????
RESPONDA POR FAVOR...

Malena 12 de setembro de 2010 21:29  

Bem ...considerando que o Piso Nacional dos Professores é para que nao tem graduação, o criterio de promoção por via acadêmica depende de cada municipio, pois é no Plano de carreira do Magistério, que é definido os criterios para os valores de graduação, pós, mestrado, etc. Espero ter respondido sua pergunta...abraços

Anônimo 2 de outubro de 2010 08:24  

Anonimo, o valor do salário de quem tem graduaçao e pós graduação vai depender do plano de carreira de cada municipio.

Anônimo 16 de outubro de 2010 16:11  

Qual o valor do piso salárial para 2011.

Anônimo 26 de outubro de 2010 12:22  

URGENTE-URGENTE URGENTE

PROFESSORES DE TODO O BRASIL PRECISAMOS NOS MOBILIZAR PARA RESOLVER O PROBLEMA DESSE PISSO, POIS AS PREFEITURAS ESTAO SE ARGUMENTANDO DAS 40HORAS E AI QUAL O POSIÇÃO DO MEC? VAMOS A LUTA PROFESSORES DO BRASIL CASO CONTRÁRIO GANHAREMOS MENOS QUE 1 MINIMO ISSSO É O INVESTIMENTO DE ANOS DE UNIVERSIDADE ? SO DEPENDE DE NÓS.

Anônimo 26 de outubro de 2010 12:24  

TERIAMOS QUE FORMULAR UMA COMISSÃO DE CADA MUNICIPIO BRASILEIRO E IRMOS A BRASILIA PRESSIONAR OS POLITICOS , POIS FOMOS NÓS RESPONSAVEIS PELA ELEIÇAO DELES.

VAMOS ATRAVÉS DESSE BLOG NOS MOBILIZAR.

Anônimo 1 de novembro de 2010 19:50  

NO "MUNICIPIUZIZIZINHO" DE TAVARES O DIGNISSIMO DITADOR - DIGO GESTOR - NÃO SÓ PAGA ABAIXO DO PISO NACIONAL COMO REDUZIU SEM CHANCE DE ACORDO, A CARGA HORÁRIA ( ESTIPULADA PELO PRÓPRIO NO INICIO DO ANO) EM MAIO, DE 30H PARA 25H O QUE REPRESENTOU UMA QUEDA EM TORNO DE 17% NO ORÇAMENTO DOS EDUCADORES. COMO SE NÃO BASTASSE DESDE O MÊS DE MARÇO PAGA OS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO COM 15 OU 20 DIAS DE ATRASO. DETALHE ELE NÃO É UM LEIGO SEM DIPLOMA, ELE É UM MÉDICO - CLINICO GERAL / SEVERIANO DE PAULA BEZERRA É O NOME DO INDIVIDUO. ASSIM CAMINHA DIGO SE ARRASTA A EDUCAÇÃO EM TAVARES - PB.
DAUCIONE

Anônimo 4 de novembro de 2010 10:49  

Uma forma dos Profissionais da Educação, ganharem respeito é uma paralização nacionale uma grande mobilização, pois já temos mais de 2 anos de piso aprovado e eles ainda não nos respeitam e muito menos pagam o piso. Não acham que mais que na hora de só iniciar o ano letivo no brasil inteiro depois de ser resolvito todas essas pendências salariais?

Anônimo 4 de novembro de 2010 10:55  

Esse bando de sangue e sugas, que estão nas prefeitura e nos governos dos estados, detestas valorizar os profissionais. Gostammmesmo é de valorizar suas famílias e fazer políticas com o dinheiro que deveria ser nosso.

Amigos nunca se iludam em entender que esses políticos querem pagar um salário justo aoas profissionais da educação e etc.. Se eles (políticos) tivessem oportunidade de reduzirem todos os nossos salários para o minímino eles iria fazer isso.

Anônimo 4 de novembro de 2010 10:57  

ACORDEM PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO E NÃO SE ENVOLVAM COM PREFEITINHOS DE SUAS CIDADES, POIS ELES NÃO QUEREM O NOSSO BEM, QUEREM NOS ILUDIR I NOS ENGANAR. CUIDADO COM ERRA RAÇA NANINA, E LUTEM PELOS NOSSOS DIREITOS.

Anônimo 4 de novembro de 2010 11:01  

TEMOS UM PISO APROVADO, NO SENADO, NA CÂMARA DOS DEPUTADOS E AINDA MAIS PROFUNDO SANCIONADO PELO NOSSO PRESIDENTE LULA. E POR AINDA NÃO ENTRO EM VIGOR, ISSO É UMA FALTA DE RESPEITO. QUE PAÍS É ESSE? E ESSE SUPREME VAI NOS DA APOIO QUANDO? ACREDITO QUE ESSA RAÇA ESTA PRIORIZANDO OUTRAS VOTAÇÕES.

UM ABRAÇO

Anônimo 4 de novembro de 2010 11:07  

Dúvida amiga Malena!

A Prefeita na minha cidade, disse que no próximo ano, irá reunir os professores para conversar e ver quando poderá pagar de reajuste para os profissionais da educação.

Mas o MEC já anunciou que o reajuste será no minímo de 15,29 %, segundo o custo aluno. Como fica isso?
pois tenho certeza que a mais de 15,29 %, ele não vcai querer pagar, ira tentar convercer um bando do professores que ganha uma gratificação que é o que o munícipio pode pagar. É legal isso?

Um abração a todos Professores

Anônimo 4 de novembro de 2010 11:12  

GESTORES PAGUEM AOS PROFESSORES, ELES SÃO HOMENS E MULHERES DE BEM, NÃO SE HOMITAM POIUS SOMOS PAÍS E MÃES DE FAMÍLIA.

CUIDADO!

POIS UM DIA VCS IRIAM SER COBRADOS DIANTE DE DEUS, POIS LÁ VCS NÃO TERAM ADVOGADOS PARA ENROLAR A JUSTIÇA E LIVRAR VCS DAS PENALIDADES IMPOSTAS PELA INJUSTA JUSTIÇA DA TERRA.

veramartinsaguirre 6 de novembro de 2010 16:10  

Parece que no RS a lei ficou só no papel mesmo,a burocracia é demasiada e ficamos só nas promessas.

Anônimo 8 de novembro de 2010 20:47  

Está definido 15,29% de reajuste para 2011?

Anônimo 10 de novembro de 2010 15:46  

Afinal de contas o valor do piso será de 1181,34 ou 1513,58 ? Qual realmente valerá para o ano de 2011?
Obrigada

Anônimo 14 de novembro de 2010 16:02  

QUE SEJAM PUNIDOS OS GOVERNANTES QUE AINDA NÃO PAGAM O PISO .AFINAL LEI É PARA SER CUMPRIDA E PROFESSOR JÁ NÃO AGUENTA MAIS O DESCASO.

Anônimo 16 de novembro de 2010 15:30  

Moro em uma cidade mineira chamada Pescador,e, não recebemos o piso salarial aprovado e sancionado por LULA. Qdo reivindicamos falam que estamos acima da média, porque trabalhamos 24 h. semanais, e , recebemos um piso de 650,00 mensal.

Anônimo 17 de novembro de 2010 22:18  

Minha filha os professores da minha cidade recebem o PSNE,agora a carreira eles não recebem.

Anônimo 22 de novembro de 2010 20:42  

DE QUANTO SERÁ O NOVO PISO PARA OS PROFESSORES EM 2011

Anônimo 6 de dezembro de 2010 15:54  

O PROBLEMA É QUE A MAIORIA DOS POLITICOS NO BRASIL SÃO SANGUE SUGA, DESCONPROMETIDOS COM A EDUCAÇÃO E COMPROMETIDOS COM ELES E SUAS FAMÍIAS, O QUE NÃO DA PRA EMTEMDER É QUE UM PISO APREVADO PELOS DEPUTADOS FEDERAIS E SENADORES E SANCIONADO PELO PRESIDENTE DA REPÚBLICA. AINDA NÃO ENTROU EM VIGOS, QUE PAÍS É ESSE?? OQ UE ESTA ACONTECENDO?

Anônimo 6 de dezembro de 2010 15:56  

PISO? UMA DISCRIMINAÇÃO QUE ESTAMOS VIVENDO NA PELE!

Anônimo 6 de dezembro de 2010 15:59  

SÓ NÃO CONSIGO ENTENDER PORQUE TANTA DEMORA PARA O SUPREMO AUTORIZAR O NOSSO DIREITO, ONDE ESSE BANDO DE GOVERNADORES DESCONPROMETIDOS COM A EDUCAÇÃO IMPRETARÃO ESSA AÇÃO CONTRA A EDUCAÇÃO E TODOS OS PROFISSIONAIS QUE DELA SOBREVIVEM.

Anônimo 6 de dezembro de 2010 18:47  

NÓS AQUI EM SÃO GONÇALO DOS CAMPOS NA BAHIA, CONQUISTAMOS NO PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS O PISO DE R$ 1.347,34 PARA O PROFESSOR SEM FORMAÇÃO ACADÊMICA (NIVEL 1) ACRESCIDO DE 20% PARA NIVEL 2, DE 30% PARA NIVEL 3, DE 40% PARA NIVEL 4, DE 60% PARA NIVEL 5 E 80% PARA NIVEL 6, MAIS GRATIFICAÇÕES. O PREFEITO ANTONIO DESSA CARDOZO SANCIONOU A LEI DO PISO EM NOVEMBRO DE 2009.

NILSON DO CARMO (DIRETOR DA APLB) 75 8116 3133

Anônimo 7 de dezembro de 2010 09:18  

Um absurdo aqui no RN eu com 25 anos de carreira mestrado tenho um salário bruto de R$1600,00

Anônimo 8 de dezembro de 2010 18:44  

A LEI DO PISO NÃO É PARA 40 HORAS SEMANAIS! É PARA ATÉ QUARENTA HORAS SEMANAIS, NÃO IMPORTÃNDO SE O DOCENTE TRABALHA 20, 25, OU 30 HORAS, É O VALOR MINIMO INDEPENDENTE DA CARGA ATÉ 40 .

LUZIA 9 de dezembro de 2010 22:53  

OLA GOSTARIA DE SABER QUAL É O PISO PARA 2011

Anônimo 12 de dezembro de 2010 19:37  

Queridos colegas docentes, por favor, a correção linguística deve ser um fator preponderante em nossa lida. Mais cuidado, ok? Bem, sou professor do estado do Rio de Janeiro e desejo saber o seguinte: já foi aprovado este piso salarial de 1000 e tantos ou ainda precisa de votação oficial?
Recebo 765 reais brutos. Esta é a realidade.

Um grande abraço a todos.

Malena Oliveira 12 de dezembro de 2010 22:10  

Ola professor, concordo plenamente com você qto a correção linguística, porem temos que ir mais além. Temos que questionar mais...lutar mais, só assim teremos nosso valor reconhecido, mas precisamos com certeza de muita união. Com relação a sua pergunta...sim o piso já foi aprovado e na minha cidade já esta vigorando desde o ano passado. Hoje o piso é de 1024.67, isto porque a prefeitura daqui seguiu a risca a sugestão do Ministro Fernando Haddad, pois se fosse de acordo com a Lei do Piso, Lei 11.738/08, uma lei federal, o valor seria de 1300,00 e pouco, mas ainda é uma questão de tempo para que tudo se ajeite, e com certeza ainda teremos outra Lei que possa complementar e definir melhor o nosso reajuste. Sou professora de Desenvolvimento Infantil e trabalho 40 hs, destas, 30 horas são na sala com os alunos e demais entre HTPC e HTPL. Trabalho em Emei, periodo integral. Abraços e uma ótima semana.
Malena

Anônimo 17 de dezembro de 2010 12:31  

MALENA, SE O PLANO DE CARREIRA NAO FOR FEITO E O PISO SALARIAL NAO FOR ADEQUADO A QUEM DEVEMOS RECORRER? SOU MONITORA DE UMA CRECHE MUNICIPAL E TRABALHO 40 HORAS SEMANAIS E AINDA NAO GANHO NEM OS R$950,00 COMO PISO E NAO ESTOU INCLUIDA EM NENHUM PLANO DE CARREIRA. A PREFEITURA FAZ PROMESSAS E COM ISSO SÓ ADIA O PROBLEMA.
SEREI GRATA PELA RESPOSTA.

Anônimo 18 de dezembro de 2010 11:38  

OLHA PROFESSORA, SE O SEU MUNICIPIO NÃO TEM O PLANO DE CARREIRA E O PISO SALARIAL NÃO É ADEQUADO, O QUE PRECISA DE FATO É A UNIÃO DOS PROFESSORES DESTE MUNICÍPIO. CADÊ A COMISSÃO DO FUNDEB, QUE SÃO REPRESENTANTES DOS PROFESSORES?
ALGUEM, OU ALGUM GRUPO TEM QUE TOMAR FRENTE, BUSCAR INFORMAÇÕES E LUTAR PELA CLASSE. SE NÃO DER RESULTADO, FAÇAM PARALISAÇÃO! MEXAM-SE! NINGUEM VAI LUTAR POR VOCÊS! NADA CAI DO CÉU!

Anônimo 22 de dezembro de 2010 23:46  

Que o Brasil está avançando nas conquistas sociais é verdade.Mas, como disse o Presidente Lula que a nação tem uma dívida social muito grande. A miséria que permaia ainda em nossa nação é fruto de um sistema que sempre quis a educação em segundo plano. Temos uma sociedade ainda escrava no trabalho e na mente, precisamos educar as crianças, os jovens e os adultos que não tiveram oporotunidade de estudar, para ver se é possível mudar essa estrutura que ai se encontra. O que tenho me deixou triste quanto ao lei do piso é que nãop sei se foi intencional ou porque iria encontrar uma grande resistência a aprovação da lei, ao colocar a proporcionalidade ou seja o professor receber seu salário de acordo com sua carga horária, por exemplo alguém ganhar sobre 20 ou 25 horas.A lei precisa de uma emenda para retirar esse termo(proporcionalidade) e de fato colocar o piso para todos os professores , agora de acordo com sua formação(graduação, pós graduação)o restante de acordo com o pcc.Vejo mesmo com muita luta das entidades que representam a classe, muitos professores, sem: (união, luta,força, coragem,informação e atrelados ao gestor e sistema, etc...).É importante que as entidades informem suas lutas a classe.
Professor Jairo Rodrigues

Anônimo 28 de dezembro de 2010 15:49  

Os senhores deputados federais reajustaram seus salários em 60 porcento , parece que é tão fácil é só querer e fazer. Enquanto que os professores deste país para ter um reajuste de 15 porcento em seu mísero salário tem que se esperar cálculos e mais cálculos, e isso tudo quando eles cumprem a lei do piso. Isso é vergonhoso e imoral. Acorda Brasil!

Anônimo 28 de dezembro de 2010 19:16  

Caros Professores, essa lei foi aprovada mais não tem um texto firme e concreto. Deixou várias saídas para que os políticos interpretassem de sua maneira. A única forma de fazer valer esse piso é realmente uma grande movimentação para que Dilma perceba o descaso que o executivo federal está dando aos docentes de todo Brasil. Os Sindicatos devem mobilizar o país inteiro e nós devemos seguir a risca as recomendações, caso contrário, esse piso nunca será o que deve ser. VAMOS A LUTA!!!!!!!!!!

Wilton Augusto, Sertânia-PE

Anônimo 30 de dezembro de 2010 22:45  

SOU PROFESSORA DA REDE MUNICIPAL DE BOM JESUS DA LAPA-BA. E O PREFEITO NÃO TEM ACORDO COM A CLASSE, CONTRATOU UMA EMPRESA DO RIO DE JANEIRO PARA ELABORAR O NOSSO PLANO DE CARREIRA E DISSE Q VAI SER DA FORMA Q ELE QUISER. O PROFESSOR IRÁ RECEBER DE ACORDO COM O RENDIMENTO DO ALUNO. SERÁ Q A SECRETARIA TERÁ COMO AVALIAR ESSES ALUNOS MENSALMENTE. QUASE IMPOSSIVEL.E MAIS NUNCA RECEBEMOS O REPASSE DO FUNDEB NO FINAL DO ANO. QUEM É PÓS-GRADUADO RECEBE APENAS R$ 230 A MAIS EM CIMA DO SALARIO MINIMO. PODE RIR, MAS ISSO NÃO É UMA PIADA!!! É UMA FALTA DE VERGONHA DESSE GESTOR.

Anônimo 1 de janeiro de 2011 22:02  

AQUI EM SÃO FRANCISCO / SE AS COISAS NÃO SÃO MUITO DIFERENTES DE MUITOS MUNICÍPIOS DO BRASIL, MAS O DIFERENCIAL DAQUI É QUE A MAIORIA DOS COLEGAS SÃO PARTIDÁRIOS DO ATUAL PREFEITO, QUE PROCURA "BRECHAS" NA LEI BENEFICIÁ-LOS, ENQUANTO ISSO OS MESMOS APROVAM NAS ASSEMBLEIAS SINDICAIS TUDO QUE O MESMO MANDA. RESULTADO: PROFESSOR IGUAL A MIM COM 15 ANOS DE MAGISTÉRIO, NÍVEL SUPERIOR, NÃO ELEITOR DO PREFEITO RECEBE APENAS 1006 REAIS. ISSO É UMA VERGONHA PARA NOSSO PAÍS QUE ALMEJA ESTAR ENTRE OS "DESENVOLVIDOS".

Anônimo 4 de janeiro de 2011 20:28  

NO PIAUI O PROFESSOR NÃO TEM VALOR, GANHA MENOS DA METADE DE UM PROFESSOR NO MARANHÃO, UM ESTADO MUITO MAIS POBRE QUE O PIAUI, MAS QUE SABE VALORIZAR A EDUCAÇÃO E O SEU PROFISSIONAL. qUANDO QUE NESSE PAIS PROFESSOR TERÁ VALOR????

Anônimo 7 de janeiro de 2011 12:16  

Antonio Carlos
Na cidade de Esperantina no Piaui, os professores de 20h, sofrem com a falta de valorização do gestor. Praticamente nos dessa classe estamos pagando para trablhar. Que pais é este que fala de piso e desvaloriza o Professor acho que o MEC, deveria ter regras direcionadas para a valorização do Professor....

Anônimo 9 de janeiro de 2011 14:37  

Este piso, que na verdade veio para nos pisar, acredito eu que foi mais uma manobra do governo, mas a meu ver, irá chegar o dia em que quando o país buscar doscentes, encontrará também analfabetos, pois esta valorização já terá sido tarde. Infelizmente.
Temos sim que acreditar e nos unir numa greve nacional e levantar uma bandeira (BRANCA COM UMA CRUZ VERMELHA) chamada EDUCAÇÃO!
Inácio Nunes (João Pessoa-PB)

Anônimo 10 de janeiro de 2011 18:36  

não sei o que fazer os prefeitos alegam que não tem recurso para pagarem o piso. Existe Lei que os obrigam?

Anônimo 11 de janeiro de 2011 00:37  

anonimo
10 de janeiro de 2011

sou professora serie iniciais do ensino fundamental, na cidade de Brasilândia de Minas, interior de Minas Gerais, depois de muita luta temos hoje um piso salarial de 1.024,00, mas para que isto acontecesse aumentaram a nossa carga horaria de 24h para 30h, a secretária da educaçao ainda quer ser boazinha dizendo que o nosso salaria é o melhor, comparando com os municipios vizinhos, o que ela é mesmo é uma puxa saco. tambem! cai de para-queda no cargo que exerce

Anônimo 11 de janeiro de 2011 00:44  

anonimo

Malena gostaria de saber qual suas fontes de pesquisas ou seja se suas informações são precisas.

Rafael Haddad 13 de janeiro de 2011 22:56  

Solução: greve geral até os governos resolverem aumentar os salários. O problema é que os professores ficam com medo de não receber durante 1 mês, sem pensar que será recompensado pelos meses posteriores. Falta coragem ao professorado brasileiro. No dia em que professor sair às ruas sem partidarismo político, sem bandeiras vermelhas ou coisas que a valham, mas com o coração e a voz, convocando os alunos e pais e a sua própria família, neste dia, a educação será valorizada.
Enquanto isto, professores ficam através da tela de seu computador, diante do quadro e da turma, diante de seus familiares e do mundo, fingindo que é valorizado e acreditando que um dia o será.

Voto pela paralisação geral. Sindicatos e professores : qual será a data? Cada professor se encontrará diante da sede do governo do qual é lotado. Isso acontecerá em qual dia? Vamos marcar e pronto.

Dia 7 de fevereiro, 10 da manhã. Se você é professor do município, chame a maior quantidade que puder de amigos e familiares e alunos e organize-se diante de sua prefeitura. Professores do estado, diante da sede do governo, prontificando-se que as aulas só retornarão quando o aumento real e justo seja depositado. De migalha vivem os pombos e frangos. Não a nossa categoria.

Confirmem a data e convoquem os sindicatos e profissionais

Um grande abraço.

Anônimo 13 de janeiro de 2011 22:59  

Vamos divulgar a proposta em blogs e jornais! Vamos fazer um movimento de verdade! Se cada docente enviar para um blog ou mídia, não há como errar.

Anônimo 16 de janeiro de 2011 19:11  

POR QUE ESSA CONVOCAÇÃO DE GREVE GERAL NÃO PARTE DOS GRANDES CENTROS ONDE É MAIS FACIL ATRAVÉS DA MIDIA ATINGIR A TODOS OS CANTOS? a PARALIZAÇÃO DEVERIA ACONTECER LOGO NO INICIO DAS AULAS EM FEVEREIRO.

Anônimo 18 de janeiro de 2011 14:32  

meu Deus onde vamos parar?sou professora das séries iniciais do município de Lajinha MG.Trabalho com salas multisseriadas .Minha carga horária é de 25Hs semanais e meu salário é de R$595,00.Isso é minha realidade e de meus colegas.Falar em piso salarial é quase um sonho impossível...Alguem nos ajudem por favor...

Anônimo 18 de janeiro de 2011 17:15  

VAMOS ENTRAR NUMA GREVE GERAL E POR TEMPO INDETERMINADO>

Anônimo 20 de janeiro de 2011 08:39  

é pessoal enquanto estivermos esperando por sindicatos e outras promessas de ajuda, vamos ficar eternamente nesta mer... eles fingem que lutam por nos, e os politicos so ficam dando risada do ibope que para eles é bom, tem que ser greve geral, e por tempo indeterminado.

sirlei 20 de janeiro de 2011 09:41  

sirlei.
A prefeitura de Frei Gaspar paga aos seus professores apenas r$650,00 e se nega a pagar uma gratificação que os mesmos recebiam a mais de 12 anos de acordo com a lei municipal,que garante o recebimento de 10% quanto os gastos com pagamento de professores não atingir os 60% do fundeb.Mas com um salário deste como e quando irá atingir ess percentual?

Rosangela 20 de janeiro de 2011 17:48  

olá... sou professora da educação infantil, com carga horária de 40 horas semanais, gostaria de saber qual o piso salarial mínino, segundo a lei para o ano de 2011, e se a partir de janeiro a prefeitura será obrigada a pagar este valor.... espero uma resposta... obrigada

Anônimo 20 de janeiro de 2011 21:27  

AFINAL DE CONTAS O REAJUSTE É EM JANEIRO OU MAIO DE 2011.

Anônimo 21 de janeiro de 2011 03:33  

Olá, sou professora numa cidade do interior da BA e aqui a situação da nossa classe não é diferente do resto do país. A prefeitura sempre alega não ter recursos para nos pagar o que está previsto em lei mas tem a folha inchada por cargos comissionados que é moeda de troca para manter os cidadãos mansinhos e domesticados diante do mau uso do dinheiro público. Já não tenho esperança de ver melhoras salariais na nossa profissão, o que vejo é um descontentamento geral e uma desmotivação sem fim.A dúvida que não quer calar é até quando ficaremos nessa inércia? Quando realmente nos posicionaremos de maneira firme e definitiva para que nos remunerem de acordo com a importância do trabalho que realizamos na sociedade? Por que quando bancário para o governo reage? Caminhoneiro interdita estradas mobiliza toda cúpula do poder? E nós professorer o que temos q fazer para q nosso grito de socorro seja ouvido? Será que a sociedade e o governo não veem que já estamos no limite de nossas forças? POR FAVOR, OLHEM POR NÓS, precisamos recuperar a nossa autoestima,nos sentirmos valorizados e respeitados, vivermos dignamente e proporcionar as nossas famílias um mínimo de conforto e segurança.

Professor Ensino Fundamental 22 de janeiro de 2011 00:44  

Qual é o novo valor do piso em 2011?
Já esta valendo se tiver podem me informar onde se encontra a publicação?

Anônimo 23 de janeiro de 2011 23:26  

sou professor,e gostaia que o MEC obrigasse esses gestores a cumprir com as leis que garante o pisso salarial para quem trabalha,que é o professor,pois aqui no tocantins alguns gestores em vez de pagar o que é de direito do professor some com o dinheiro,e diz que paga o pisso que é de 787.00 por 30 horas.Isso é uma vergonha.

Anônimo 27 de janeiro de 2011 03:16  

vamos fazer greve

Anônimo 28 de janeiro de 2011 16:11  

percebro que muitos professores não têm certeza acerca do valor do piso em 2011. Sou de Seabra, municipio que fica na Chapada Diamantina e conseguimos aprovar um plano de carreira que garante o pagamento do piso nacional, porém a prefeitura se nega a pagá-lo em janeiro. Além de procurar ajuda judicial o que podemos fazer para garantir a efetivazação desse direito?

Anônimo 28 de janeiro de 2011 16:20  

Qual o valor do piso nacional em 2011 e a partir de que data deverá ser pago?

Anônimo 30 de janeiro de 2011 16:06  

Queria saber qual será o verdadeiro reajuste para 2011.

Anônimo 30 de janeiro de 2011 16:56  

Aqui em Coribe-Ba, o prefeito está pagando 540 por uma jornada de 20hs e diz está pagando corretamente o piso que na interpretação dele só se paga aos que trabalham 40 hs e não até 40hs.
Isso é um absurdo.

Anônimo 31 de janeiro de 2011 11:35  

Olá, sou professora numa cidade do interior da BA e aqui a situação da nossa classe não é diferente do resto do país. A prefeitura sempre alega não ter recursos para nos pagar o que está previsto em lei mas tem a folha inchada por cargos comissionados que é moeda de troca para manter os cidadãos mansinhos e domesticados diante do mau uso do dinheiro público. Já não tenho esperança de ver melhoras salariais na nossa profissão, o que vejo é um descontentamento geral e uma desmotivação sem fim.A dúvida que não quer calar é até quando ficaremos nessa inércia? Quando realmente nos posicionaremos de maneira firme e definitiva para que nos remunerem de acordo com a importância do trabalho que realizamos na sociedade? Por que quando bancário para o governo reage? Caminhoneiro interdita estradas mobiliza toda cúpula do poder? E nós professorer o que temos q fazer para q nosso grito de socorro seja ouvido? Será que a sociedade e o governo não veem que já estamos no limite de nossas forças? POR FAVOR, OLHEM POR NÓS, precisamos recuperar a nossa autoestima,nos sentirmos valorizados e respeitados, vivermos dignamente e proporcionar as nossas famílias um mínimo de conforto e segurança.

Anônimo 31 de janeiro de 2011 13:01  

Anônimo
Moro em Itumbiara-Go e aqui a educação para os nossos representantes políticos serve de chacota.Ñunca conseguimos falar com o prefeito,até porque não comparece a prefeitura e quando esporadicamente o vemos passando somos simplesmente barrados pelos puxa saco que não estudou para tanto mas seu olerite é 3 vezes mais de um educador.

Anônimo 1 de fevereiro de 2011 12:51  

aqui na cidade do interio r do pará, Dom Eliseu,..nem se comenta sobre o piso salarial..nós professores ja procuramos o sec. de Educ. mas ele não deu nenhuma resposta...
é um descaso total!!

Anônimo 2 de fevereiro de 2011 15:58  

Queridos colegas, reclamar ñ adianta, enquanto o professor ñ se conscientizar que é um profissional de valor e merece respeito. Enquanto nossos sindicatos ñ se unirem e fazer uma paralisação nacional, só nos resta reclamações. É preciso haver uma cobrança pra que os sindicatos que nos representam sejam mais ativos. O que observo, é que a maioria dos sindicatos viraram cabines eleitorais e esqueceram sua função que é lutar afavor de quem os mantém. Enquanto mantiverem essa guerrinha isolada ñ chegaremos a lugar algum.Eles nos representam, e é deles que devemos cobrar ações. Professores vamos à luta!

Anônimo 2 de fevereiro de 2011 18:24  

O governo Federal deveria fiscalizar com mais responsabilidade o dinheiro do FUNDEB colocar o ministério publico na cola dos prefeito,pois aqui no município de Sanharó não sobra nada, antes eles falavam qque vinha muito dinheiro agora alegam que foi cortada as verbas, mais tem muita gente rica de carro novo casa na praia e muita mulher.Espero que este comentário sirva de alerta que as autoridades competente fique ciente para como o dinheiro do FUNDEB é usado.

leticia 7 de fevereiro de 2011 20:28  

malena, moro no estado de Roraima em um municipio em que a prefeitura paga somente 810,00 e diz que nao paga o piso porque o nosso contrato e de 30h e o piso e somente para quem tem o contrato de 40h o que voce acha disso professora desesperada.

Malena Oliveira 8 de fevereiro de 2011 17:25  

Ola Leticia, assim como em sua cidade, muitas ainda estão passando pelo mesmo problema, pois os gestores pecam nas entrelinhas da lei, e fazem o que é melhor pra eles, com certeza. Porém...assim como fizemos aqui, depois de muitas lutas e com a ajuda do sindicato e dos vereadores, e através de muitas pesquisas em leis, e na interpretação da propria Lei 11.738/08, que diz Piso de até 40 horas semanais, portanto, vocês devem lutar para que o menor salario de um professor de sua cidade seja de 1.024,67, isto até o ano passado. Pois estamos aguardando um parecer do Mec...que em breve tenho certeza que acontecerá...virá um novo valor ai. Mas acredite Leticia, a melhor maneira de se conseguir nossos direitos é a través de muita união..de perseverança. Mas nao deixem de protocolar na prefeitura de sua cidade junto ao prefeito um requerimento pedindo esta adequação do Piso, pois tem que ficar tudo documentado. Para quem sabe mais tarde, se naõ conseguirem nada..entrarem assim com denuncias no ministeiro público, pois é uma Lei Federal, que tem que ser cumprida. Fé e união faz a diferença...abraços.
Malena

Professor Alex Ribeiro 9 de fevereiro de 2011 23:22  

Boa Noite companheira Malena e demais professores, aqui no interior do Rio Grande do Norte, mais precisamente em São José do Campestre, um professor Pós-graduado como eu, com 7 anos de curcursado(sala de aula), amarga meseros R$ 918,00(liquido), isso é uma vergonha, o ultimo aumento salarial concedido a categoria foi em 2008, e até agora nada, o Prefeito mandou um projeto de lei para a camara de vereadores com o salario inicial da carreira fixado em R$ 950,00 para 40 horas, isso o ano passado, após a camara aprovar o geitinho que ele mandou, ele o prefeito alegou que o orçamento da prefeitura não podia comportar tal despesa, ou seja se quebrou na sua propria proposta, até agora nada, nem adianta fazer mobilização, o sindicato local esta de mãos cruzadas, os vereadores também não fazem nada, e nós ficamos a ver navios.....que Deus nos ajude pois aqui da terra não teremos ajuda nenhuma......esse é o meu desabafo...muito obrigado....

Professor Alexsandro Ribeiro de Lima
São José do Campestre - RN.....

Malena Oliveira 10 de fevereiro de 2011 06:54  

Bom dia professor Alexsandro, é muito triste para nossa classe vermos muitos desabafos como ao seu. Tenho recebido muito comentários de todas as partes do Brasil, e infelizmente o que vemos é a mesma coisa...um grande descaso com os professores. Precisamos urgentemente que o Mec tome uma posição, e que ajude estes nossos gestores a interpretar nossa Lei do Piso Nacional do Professores, como deve ser, sem entrelinhas...Mas pense..se realmente não tem alguma coisa pra fazer ai? Quem sabe sensibilizar a midia, através de jornais, radios...Continuaremos aguardando....abraços.
Malena

Anônimo 12 de fevereiro de 2011 16:02  

A educação do nosso pais só terá qualidade quando houver maiores investimentos, principalmente no que se refere a valorização do professor!!!

Anônimo 20 de fevereiro de 2011 12:14  

Primeiro deve-se falar dos direitos que os nossos profissionais da Educação tem, porque ninguém aguenta mais ouvir falar somente das nossas obrigações. Caso contrário, vamos ter que sair desta tão nobre vocação de educar. Não é apenas reclamar da remuneração baixa, mas é questão de sobrevivência

Anônimo 20 de fevereiro de 2011 21:08  

Por favor, PISO e nao PISSO!!!

Anônimo 24 de fevereiro de 2011 09:43  

macajuba ba ate hoje nem piso salarial tem,ate quando e uma vergonha.

Anônimo 24 de fevereiro de 2011 17:09  

Malena, moro aqui em Ponta Grossa no Paraná, trabalho a dezessete anos no ensino fundamental, e apesar de ter formação em nivel superior e ter participado de muitos cursos de formação na área o meu salario é a penas de R$ 1.197,00. O nosso prefeito apenas na reforma de uma casa normal onde funcionará um centro de atendimento a menores declarou que serão gastos oitocentos mil reais. Não gastaria isso nem para construir 6 casas iguais. E uma pena o dinheiro publico estás em maos tão de pessoas tão desonestas.

Anônimo 24 de fevereiro de 2011 17:33  

Malena,moro em uma cidadezinha chamada Lagoa Grande do Maranhão,MA,sou professor concursado há quase dez anos,tenho graduação e meu salario não chega a R$1000,00,o que me revolta é que o nosso prefeito não manda tirar nem o mato das ruas parece que estamos vivendo em uma selva,me pergunto aonde está sendo colocado os recursos do nosso município é uma pouca vergonha.

Anônimo 24 de fevereiro de 2011 23:00  

E um absurdo que um município como B camboriú que recebe inumeros turistas e fora os impostos durante te depois da temporada, fiqie durante esses anos todos pagando asse salário para as monitoras de creche, a diferença é de mais ou menos 1000 de monitora para prof regente sendo que temos a mesma função eu acho q o mec deveria fiscalizar mais de perto

Anônimo 25 de fevereiro de 2011 23:27  

sou prof do municipio de Carpina em PE, e o piso salarial de nós prof iniciantes que tem 150 h/a, é de 680,00 reais bruto. È uma vergonha e um desrespeito. Gostaria que o ministerio da Educaçao fiscalizasse e fizesse valer nosso direito.

Anônimo 25 de fevereiro de 2011 23:47  

Professores, vamos nos unir e lutar pelo nossos direitos. Esse desrespeito e desvalorizaçao com a educaçao no nosso pais tem que acabar.

Anônimo 26 de fevereiro de 2011 23:32  

Quero corrigir o colega do Piaui: primeiro, o professor do Maranhão não é valorizdo coisa nanhuma; segundo, desde quando o Piaui é mais rico que o Maranhão? Estamos já com greve prvista para o dia primeiro de março e não é por acaso.

jamerson 27 de fevereiro de 2011 11:02  

professor jamerson de PITIMBU-PB
como vamos resolver este caso do piso,que as prefeituras estão pessando que é o teto, nós que temos situações de 25 horas aulas,e as prefeituras só querem pagar proporcionais, isto nós temos que brigar pois o piso é o menor salario que o professor pode ganhar. infelismente o nosso é o mais defasado dos graduados e os prefeitos não querem pagar.

Anônimo 3 de março de 2011 16:51  

Por favor, colega, precisamos ter no mínimo um pouco de cuidado com a língua escrita, já que o português falado é tão maltratado... mas enfim vá lá! O que não podemos é cometermos este tipo de assassinato com a gramática.Logo no blog de uma educadora! É por isso que não nos valorizam.

"seje bem vindo?" aff!

Anônimo 3 de março de 2011 16:55  

Por favor, colega, não maltrate o português desta maneira!Por essa e por outras é que não nos levam a sério!


SEJE BEM VINDO? AFF!!!

Anônimo 3 de março de 2011 17:50  

mas aguentar ate a proxima eleicao

Anônimo 3 de março de 2011 21:02  

Tia da creche
No meu olerite foi colocado abono piso salarial esta certo ou nao e estão usando meu ano enio como base de calculo para atingir o piso por favor me de uma orientação . desde ja agradeço.obrigado

Anônimo 9 de março de 2011 08:51  

Gostaria de saber se o valor do piso salarial de 1.181,00 e centavos o governador do estado da BAHIA irá ágar? Retroativo ao mes dejaneiro que é a data base ou ainda está em discussão?poisnós não sabemosnem oque éisso " Piso Salarial ". Salario defasadíssimo,devendo pois o salarionãoacompanha a alta dos preços, emprestimos eàs vezes não temos nem condições de comprar remedios,descredibilados(as), pois o comércio nãoconfia em vendre no crediário aos professores, enfim uma série de fatores constrangedores para o professoa(a). Gostaria de obter retorno, se o estado da Bahia irá mesmo pagar quandonada,que não é muito, não énada 1.181,00 de piso?

Anônimo 11 de março de 2011 11:36  

O Município de Magé, Rio de Janeiro o piso do Professor Concurado é de R$600,00, esse valor é pago para professor do 1º segmento e 2º segmento.No ano que incia pagaram Janeiro e Fevereiro de 2011 esse valor. Precisamos que a justiça seja feita dá a cesar o que é de Cesar.Nos Mageenses merecemos respeito, assim como todos os municípios, que vivem esses descasos.

Anônimo 15 de março de 2011 21:39  

Tia da creche
Me de uma resposta por favor.
desde ja agradeço.

Malena Oliveira 16 de março de 2011 20:18  

Ola..desculpa nao ter respondido antes (tia da creche)porém não esta certo o que estão fazendo ai com seu holerith, veja bem a lei 11.738/8...ela é bem clara nesta questões..eles poderiam estar fazendo isso ate final de 2009, já em 2010, o valor do Piso Salarial tem que ser o piso mesmo, sem adicionarem quinquênios ou outros...vcs deveriam procurar o sindicato da prefeitura ou mesmo um advogado e protocolarem um documento na prefietura pedindo o cumprimento da lei de forma integral...é uma Lei Federal...e portanto pode ser caso de denuncia ao ministerio público. Porem o certo e ter um advodago sim que as defenda. É uma luta com creteza...porém...a lei esta do lado do professor. Espero ter espondido sua pergunta...grande abraço...tudo de bom...Malena

Anônimo 17 de março de 2011 09:15  

URGENTE , URGENTE AQUI NO MUNICIO DO CONDE NO ESTADO DA PARAIBA , O PREFEITO ALUISIO REGIS , PAGA A UM PROFESSOR 750 REAIS ,E HA MAIS DE 2 ANOS QUE NAO HA AUMENTO, E ESSE ANO NAO FOI DECRETADO ESSE AUMENTO, O SINDICATO NAO TEM AUTONOMIA, E AI CAROS COLEGAS O QUE NOS EDUCADOR PODEMOS FAZER?

Anônimo 31 de março de 2011 13:22  

Sou professora em Santa Rita de Caldas MG, aqui não é diferente, nosso prefeito é um ditador, ele acha que está acima da lei, um deus. Suas obras são para turistas verem. Aqui o salário base de um professor é 541,00.Me digam se isso não é uma vergonha?!

Anônimo 1 de abril de 2011 16:31  

Ola boa tarde, acabei de ser selecionada em um processo seletivo na cidade onde resido, Ribeirao Preto, para "educador de creche", gostaria de saber qual o piso salarial da função! Desde ja, obrigada! Cassia Camargo.

Anônimo 4 de abril de 2011 20:55  

Olá Malena,gostaria de saber qual é a diferença entre educador infantil e professor infantil.Trabalho em um CMEI sou contratada como educadora infantil,trabalho 40 horas semanais e agora meu salário é 800,00.Os responsáveis pela secretaria de educação alegam que nosso salário tem que ser esse porque não somos professores e sim educadores.Me responda por favor.OBRIGADA...

Malena Oliveira 4 de abril de 2011 21:47  

Boa noite...boa pergunta minha amiga....que diferença existe mesmo em ser educadora e professora? Com certeza estamos ainda vivenciando este dilema, pois é contra tudo que esta escrito na LDB. Cade os gestores que não acompanham ...que as creches fazem parte da Educação e nao somente do assistencialismo. O que falta é nossos gestores se atualizarem como nossa nova realidade...com a nova realidade da Educação Infantil no Brasil.

Anônimo 8 de abril de 2011 08:07  

Olá, colegas professores,
Me sinto indignada com as tais leis do piso salarial dos professores. Pois somos obrigados a nos desdobrar em salas de aula, trazer trabalho para casa, aguentar certos pais insolentes e ainda me falam em piso para 40h semanais? Que toda essa corja de políticos vão para o inferno. Pois já compararam o salários deles com o nosso???

Anônimo 9 de abril de 2011 20:38  

Ola, meu nome é Maria C. , sou monitora de creche a 7 anos tenho so o ensino médio e gostaria de saber qual é o salario de monitara no estado do Paraná. Obs: quando fiz o concurso so exigiram o ensino fundamental, hoje curso Pedagogia.

Anônimo 10 de abril de 2011 00:26  

Gostaria de saber o salario de uma prefessora d educação infantil, pois pretendo fazer faculdade de pedagogia, mas ainda não decidi, ainda teno medo dessa decisão, mas acho que não podemos desitir de ensinar, esse é o futuro do nosso pais, pena que os politicos não pensem assim.
Sandrinha de Minas

Anônimo 11 de abril de 2011 07:48  

A lei do piso do professor que foi declarada a constitucionalidade no STF terá efeito retroativo,ou seja,poderei cobrar os meses em que não foi aplicada?

Anônimo 12 de abril de 2011 21:08  

Pra quantas horas este piso é? Pra 20 ou pra 40 h?

O segredo 13 de abril de 2011 19:31  

nos professores de caninde-ce estamos sofridos, por nao haver reajuste desde a implantaçao do piso. o sindicato perdeu a força, pq os servidores n acredita mais. isso e um sofrimento pra qm tanto estudou e se dedica na e
ducaçao maria de lourdes lopes

O segredo 13 de abril de 2011 19:40  

amiga sou sua seguidora.
meu nome e maria de lourdes, moro em caninde-ce, 120km de fortaleza e nossos educadores estao sofrendo muito por nao haver reajuste desde a implantaçao do piso. estamos numa situaçao muito triste, a secretaria e o prefeito nao acorda em nada, como pode um pais nao cumprir as leis? alias esse ja eh um piso de fome

Anônimo 13 de abril de 2011 21:41  

Sou professora de educação infantil e registro aqui a minha indignação pois o piso nacional do magisterio,na minha cidade, não é pago.As desculpas são sempre as mesmas:não tem dinheiro,vai estourar o orçamento.Não entendo já que a união vai completar o valor de acordo com a necessidade,pelo menos isso consta na lei.Mas na hora do voto...Pelotas.RS

Anônimo 18 de abril de 2011 17:26  

querida Malena, hoje, depois de muita luta, teremos uma reuniao na câmara dos vereadores daqui de Patrocinio do Muriaè. Estamos arregaçando as mangas para conseguirmos nossos direitos garantidos pela lei.Ainda bem que nosso prefeito ouve nossos clamores...Ele È nota dez!!!! Vilma e os vereadores tambèm

Malena Oliveira 18 de abril de 2011 17:47  

Ola...boa tarde a todos os professores que nos acompanham no blog...ressaltando o ultimo comentário, fico muito feliz por vcs estarem arregaçando as mangas para lutarem pelos direitos dos professores de Patrocinio de Muriaé. Realmente sempre é como muita luta que acabamos conseguindo nossos direitos que estão agora já em Lei Federal, como é a do nosso Piso. Com certeza o valor de nosso Piso ainda é o só o começo de nossa tão sonhada valorização. Mas acredito que se todos nós continuarmos insistindo nos valores dos reajustes que temos pela frente, chegaremos lá. Parabéns ao prefeito de Patrocinio e tambem pela câmara de vereadores, pois somente com essa união conseguiremos fazer com que a Educação de nosso país seja bem vista pelos nossos jovens que estão entrando no mercado de trabalho. Abraços - Malena

Malena Oliveira 18 de abril de 2011 18:11  

Boa tarde Maria de Lourdes e demais colegas, obrigada por nos seguir no blog, no primeiro momento tenho que parabenizar voces ai de Caninde - CE, por ja terem o Piso implantando, pois ainda em muitas cidades isto ainda não acontece, agora quanto ao reajuste, é mais uma luta que vcs nao devem parar, pois agora com a inconstitualidade da ADI4167 que estava contra a Lei do Piso, prefeitos e secretários de educação não podem alegarem mais nenhuma desculpa, pois a Lei do Piso (Lei 11.738/08) é uma Lei Federal e tem que ser cumprida. Mas na minha cidade os professores tambem estão correndo atrás deste reajuste, continuando na luta e vamos conseguir sim vencer mais esta. E aproveitando para responder a uma outra colega nossa, sim o reajuste do Piso tem que ser retroativo desde janeiro, é o que diz a Lei, portanto continuem na luta, assim logo estaremos com um Piso de verdade...que nos valorize realmente. Mas acredito que falta pouco para o Mec definir esta questão. Abraços
Malena

Priscila 20 de abril de 2011 20:07  

Malena,

Gostaria de saber o percentual que será aplicado ao subsídio do professor com graduação. obrigada.

Anônimo 20 de abril de 2011 22:33  

gstaria de saber quanto vai ser o piso salarial dos professores de licenciatura plena em MG que optarem pela carreira antiga

Anônimo 26 de maio de 2011 13:08  

gostaria de saber se o piso ha diferença entre 30h,ou 40h se trabalho nas series iniciais e tenho graduação em pedagogia o salario é propocional ou integral ou seja devo receber 1187 inicial ou 890 porfavor tire esta dúvida.

aline 30 de agosto de 2011 15:53  

gostaria de saber o valor do piso salarial para quem ainda está cursando pedagogia e nao tem curso de magisterio????

Anônimo 4 de setembro de 2011 12:44  

Olá, eu estou indignada com a prefeitura de Cachoeiras de Macacu. O piso dos professores é de 207 reais e 19 centavos e é em cima dsse piso que ele dá os aumentos. o salário do professor estáabaiso co mínimo , pois ganho 540 reais e com o desconto cai para 480 reais . e ninguém faz nada. Os vereadores estão desfilando com carrões de 10.000,00 mil reais enquanto que a gente tem que se conterntar com essa miséria

Anônimo 4 de setembro de 2011 12:47  

Só para corrigir.
Olá, eu estou indignada com a prefeitura de Cachoeiras de Macacu. O piso dos professores é de 207 reais e 19 centavos e é em cima dsse piso que ele dá os aumentos. o salário do professor está abaixo do mínimo , pois ganho 540 reais e com o desconto cai para 480 reais . e ninguém faz nada. Os vereadores estão desfilando com carrões de 100.000,00 mil reais enquanto que a gente tem que se contentar com essa miséria.

Anônimo 17 de setembro de 2011 08:49  

trabalho 20 horas semanais,companheira malena tenho direito de receber o piso salarial,já que só enfatizam 40 horas? moro na cidade do Icó no ceará.

Anônimo 17 de setembro de 2011 08:59  

gstaria de participar de movimentos em favor do nosso piso salarial,mas os professores da minha cidade icó no ceará são medrosos ficam com medo de serem perseguidas.É por isso que o gestor não tem interesse de valorizar nós professores.O governador do ceará é outro ditador.

Anônimo 19 de setembro de 2011 19:31  

Sou Educadora Infantil e trabalho na creche com carga horaria de 40h porém ainda estamos recebendo o piso de 950,00 do que adianta ter leis se não tem ninguém que as faça cumprir? Aqui em nosso municipio estamos de greve.

celia 24 de setembro de 2011 17:51  

Estou nesta situação não recebo o piso meu salário
é 544.13 entramos com uma ação na justiça mandado de segurança em 04/07/2011 até agora nada.Devo acreditar no ministério publico?Parece que lei não é para ser cumprida.Malena me ajuda, o que devo fazer?Célia MG.

Célia 5 de outubro de 2011 16:25  

Me responda

Malena Oliveira 5 de outubro de 2011 17:46  

Oi Célia, desculpa não ter respondido antes. Bem, eu penso que vocês já estão buscando uma solução pra Lei ser cumprida. Penso tb que vcs precisam mobilizar a mídia, rádio, enfim. E também buscar apoio com a camara de vereadores de sua cidade. E não desistir, mas com cautela. Acredito que vcs tem que insistir. Não podem desistir agora, e tambem precisam acompanhar o que acontece no senado. Pois com a aprovação do novo PNE, que está por pouco, eu acredito que o governo Federal vai ter que tomar atitudes. Independente de partido político, vc deveria acompanhar o que vem sendo feito pela CNTE, pelo site, e repassar a todos os professores. Pois sabemos que a União de todos os professores, junto com sindicato, vereadores e demais...vão fazer a diferença. Infelizmente não esta sendo facil para os professores. Não desistam. Vou tentar postar mais alguma coisa no blog...quem sabe possa ajudar. Celia, continue na luta ai...Fé, Força e União!!! Abraços Malena

Anônimo 10 de outubro de 2011 18:05  

Ola COLEGAS ME AJUDEM !!!
ESTÃO FALANDO QUE VAMOS TER UM NOVO AUMENTO PARA CRECHE CONVENIADA DE 25 % EM NOVEMBRO DE 2011 ALÉM DAQUELE AUMENTO QUE JÁ TIVEMOS VAI VIR OUTRO PARA NOVEMBRO SÉRA QUE É VERDADE ?

Anônimo 11 de dezembro de 2011 12:12  

malena, bom dia.
aqui no municiío de caracarai em RR, recebemos o piso salarial de 950 que é paga com os recursos do FUNDEB, e ainda por cima o prefeito juntamente com uma comissao decidiu pagar uma gratificaçao titulada de GID no valor de 200 reais com o proprio Fundeb, entrei como concursada a pouco tempo mas percebo que nao tem muita logica! gostaria de saber ser se pode ser feita uma gratificaçao em cima do fundeb? e se o piso salarial e o fundeb sao as mesmas coisas? pois ate aonde eu sei o piso salarial deve ser pago com recursos prroprios da prefeitura ou estou erreda? me ajude estou com muitas duvidas?
obrigada.
audeane RR

Anônimo 18 de dezembro de 2011 12:13  

aqui vai minha sugestão, para todos aqueles profissionais capacitados, de preferencia os que concluiram o ensino superior,minha esposa faz parte deste grupo de pessoas exploradas por estes bandidos,ladrões imcompetentes. DESISTAM DESTA PROFISSÃO,o que estes vagabundos estão fazendo com os profissionais da educação é quase ESCRAVIDÃO,PARÉM,não estou falando de greve,e sim de abandono de profissão. talvez assim a sociedade se une em uma cobrança radical .

Anônimo 28 de dezembro de 2011 12:43  

A lei do piso nacional dos professores, diz que até 40 hs semanais O PISO É 1.185,00. Sejam inteligentes e peguem 20 horas em cada escola e ganhe o dobro 2.370,00 reais. Vamos usar o nosso direito e a nossa inteligência.

Anônimo 28 de dezembro de 2011 12:53  

Anônimo acima aconselha aos novos e antigos professores que não se acomodem com 2.370,00 reais que é um salário de mentira, é uma piada, com essa remuneração seremos os truões séquitos de prefeitinhos preparados e despreparados. Preparem-se para novas empreitadas na vida onde haja respeito e dignidade para o profissional.Ou melhor, façam tudo para um dia abandonar o magistério.

Anônimo 28 de dezembro de 2011 13:17  

Pasmem senhores, o Governo socialista de RC aqui na Paraiba, segundo o chefe de gabinete do governador Lúcio Flávio, vai demitir os professores em dezembro de 2011, para não pagar o mês janeiro de 2012, depois vai chamar alguns dos demitidos, de acorto com a própria conveniência, mediante contrato assinado pelo servidor, impondo regras esdrúxulas e perturbando as famílias dos humildes professores, e ao mesmo tempo satisfazendo o seu instinto perverso e animalesco.

Anônimo 28 de dezembro de 2011 13:21  

Pasmem senhores, o Governo socialista de RC aqui na Paraiba, segundo o chefe de gabinete do governador Lúcio Flávio, vai demitir os professores em dezembro de 2011, para não pagar o mês janeiro de 2012, depois vai chamar alguns dos demitidos, de acorto com a própria conveniência, mediante contrato assinado pelo servidor, impondo regras esdrúxulas e perturbadouras às famílias dos humildes professores. É desta maneira perversa e animalesca que Ricardo Coutinho trata os professores da Paraiba.

Anônimo 3 de janeiro de 2012 13:27  

caro colegas, mais uma vez fomos enganados por esses safados oq o governador marconi e o tiago peixoto estao fazendo com os professores de goias e diabolico , monstruoso e satanico .Lembrem disso na proxima eleiçao sao mais uns dos q nao serao esquecidios pela clsse ,assim como o Iris e o Maquito.Eles consequiram supera -los . Isto e incrivel.

Anônimo 27 de fevereiro de 2012 21:43  

como fica o valor para quem tem licenciatura Plena?

Anônimo 19 de abril de 2013 22:51  

Aqui em VITÓRIA DA CONQUISTA AS MONITORES DE CRECHE SÃO EXPLORADAS PELA PREFEITURA TRABALHAM MUITO E NÃO SAÕ RECONHECIDAS COMO PROFESSORAS E AINDA TRATAM COM FALTA DE RESPEITO .

Anônimo 9 de setembro de 2013 00:06  

Malena, como vc compreende o repasse do reajuste do valor aluno ao Professor da Educação Básica, nos casos em que há plano de carreira com níveis ordenados por formação (médio, superior, pós graduado), o reajuste anual em 1º de janeiro é para todos ou somente para aqueles que tem formação de nível médio

Postar um comentário

Deixe seu comentário...obrigada!!

"A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo."
(Nelson Mandela)

Siga esse blog por email!!!

Compartilhando....seja bem vindo!!!!!!

"NÃO EXISTEM LIMITES PARA AQUELES QUE POSSUEM A CAPACIDADE DE SONHAR E, A DETERMINAÇÃO DE TRANSFORMAR SEU SONHO EM REALIDADE!!!!!"


"O QUE MAIS ME PREOCUPA
NÃO É O GRITO DOS MAUS...

MAS O SILENCIO DOS BONS!!!"

Pesquise em meu blog...

Carregando...

Meu perfil !

Minha foto
Professora de Educação Infantil e mãe de três lindos filhos.

Seguidores

Postagens populares

Artigos de meus amigos!!!!

FERNANDA MONTENEGRO E A EDUCAÇÃO.

A Educação, em seu sentido mais amplo, não se resume ao aprendizado de conteúdos. Ela diz respeito ao desenvolvimento do indivíduo como um todo. Uma pessoa educada é mais consciente em relação a si e aos outros. Da mesma forma, uma nação educada luta pelos seus direitos e é capaz de influenciar as decisões de seus governantes, além de vigiá-los em suas práticas. Como bem afirma a atriz Fernanda Montenegro: "Educação não é só ensinar a ler e escrever. É ensinar a pensar", enfatiza a atriz, que ressente a falta de consciência dos governantes e de vigilância por parte da sociedade.

FONTE: http://educarparacrescer.abril.com.br/amigos-educar/fernanda-montenegro-528168.shtml

Total de visualizações de página

NOTÍCIAS DO DIA....

Loading...

Caminhada...

Sei que na minha caminhada tem um destino e uma direção, por isso devo medir meus passos, prestar atenção no que faço e no que fazem os que por mim também passam ou pelos quais passo eu...

Que eu não me iluda com o ânimo e o vigor dos primeiros trechos, porque chegará o dia em que os pés não terão tanta força e se ferirão no caminho e se cansarão mais cedo...

Todavia, quando o cansaço houver, que eu não me desespere e acredite que ainda terei forças para continuar, principalmente quando houver quem me auxilie...

É oportuno que, em meus sorrisos, eu me lembre de que existem os que choram, que, assim, meu riso não ofenda a mágoa dos que sofrem: por outro lado, quando chegar a minha vez de chorar, que eu não me deixe dominar pela desesperança, mas que eu entenda o sentido do sofrimento, que me nivela, que me iguala, que torna todos os homens iguais...

Quando eu tiver tudo, farnel e coragem, água no cantil, e ânimo no coração, bota nos pés e chapéu na cabeça, e, assim, não temer o vento e o frio, a chuva e o tempo.

Que eu não me considere melhor do que aqueles que ficarão atrás, porque pode vir o dia em que nada terei mais para minha jornada e aqueles, que ultrapassei na caminhada, me alcançarão e também poderão fazer como eu fiz e nada de fato fazer por mim, que ficarei no caminho sem concluí-lo...

Quando o dia brilhar, que eu tenha vontade de ver a noite em que a caminhada será mais fácil e mais amena; quando for noite, porém, e a escuridão tornar mais difícil a chegada, que eu saiba esperar o dia como aurora, o calor como bênção...

Que eu perceba que a caminhada sozinho pode ser mais rápida, mas muito mais vazia...

Quando eu tiver sede, que encontre a fonte no caminho, e quando eu me perder, que ache a indicação, a seta, a direção...

Que eu não siga os que desviam, mas que ninguém se desvie seguindo os meus passos...

Que a pressa em chegar não me afaste da alegria de ver as flores simples que estão a beira da estrada, que eu não perturbe a caminhada de ninguém, que eu entenda que seguir faz bem, mas que, às vezes, é preciso ter-se a bravura de voltar atrás e recomeçar e tomar outra direção...

Que eu não caminhe sem rumo, que eu não me perca nas encruzilhadas, mas que eu não tema os que assaltam-me, os que embuçam, mas que eu vá onde devo ir e, se eu cair no meio do caminho, que fique a lembrança de minha queda para impedir que outros caiam no mesmo abismo...

Que eu chegue, sim, mas, ainda mais importante, que eu faça chegar quem me perguntar, quem me pedir conselho e, acima de tudo, me seguir, confiando em mim !

(Ponsancini)


Filosofia do Camelo



ReflexõesCrisalis escreve:

"Uma mãe e um bebé camelo, estavam por ali, à toa,quando de repente o bebé camelo perguntou:

- Por que os camelos têm corcovas?

- Bem, meu filhinho, nós somos animais do deserto, precisamos das corcovas para reservar água e por isso mesmo somos conhecidos por sobreviver sem água.

- Certo, e por que nossas pernas são longas e nossas patas arredondadas?

- Filho, certamente elas são assim para permitir caminhar no deserto. Sabe, com essas pernas longas eu mantenho meu corpo mais longe do chão do deserto que é mais quente que a temperatura do ar e assim fico mais longe do calor. Quanto às patas arredondadas eu posso me movimentar melhor devido à consistência da areia! - disse a mãe.

- Certo! Então, por que nossos cílios são tão longos? De vez em quando eles atrapalham minha visão.

- Meu filho! Esses cílios longos e grossos são como uma capa protetora para os olhos. Eles ajudam na proteção dos seus olhos quando atingidos pela areia e pelo vento do deserto! - respondeu a mãe com orgulho.

- Tá. Então a corcova é para armazenar água enquanto cruzamos o deserto, as pernas para caminhar através do deserto e os cílios são para proteger meus olhos do deserto. Então o que é que estamos fazendo aqui no Zoológico???

Moral da história:

"Habilidade, conhecimento, capacidade e experiências, só são úteis se você estiver no lugar certo!"

Pergunto agora: VOCÊ ESTÁ NO LUGAR CERTO?????

AVANCE SEMPRE!!!

Na vida as coisas, às vezes, andam muito devagar. Mas é importante não parar. Mesmo um pequeno avanço na direção certa já é um progresso, e qualquer um pode fazer um pequeno progresso.

Se você não conseguir fazer uma coisa grandiosa hoje, faça alguma coisa pequena.
Pequenos riachos acabam convertendo-se em grandes rios.

Continue andando e fazendo.

O que parecia fora de alcance esta manhã vai parecer um pouco mais próximo amanhã ao anoitecer se você continuar movendo-se para frente.

A cada momento intenso e apaixonado que você dedica a seu objetivo, um pouquinho mais você se aproxima dele.

Se você pára completamente é muito mais difícil começar tudo de novo.

Então continue andando e fazendo. Não desperdice a base que você já construiu. Existe alguma coisa que você pode fazer agora mesmo, hoje, neste exato instante.

Pode não ser muito mas vai mantê-lo no jogo.

Vá rápido quando puder. Vá devagar quando for obrigado.
Mas, seja, lá o que for, continue. O importante é não parar!!!

Revista Nova Escola

“A força não provém da capacidade física e sim de uma vontade indomável”.
(Mahatma Gandhi)

Gotas de esperança!!

Loading...
"A liberdade é um dos dons mais preciosos que o céu deu aos homens. Nada a iguala, nem os tesouros que a terra encerra no seu seio, nem os que o mar guarda nos seus abismos. Pela liberdade, tanto quanto pela honra, pode e deve aventurar-se a nossa vida."
(Miguel Cervantes)

Educação Infantil

Loading...
"O caráter e a inteligência podem impressionar as pessoas, mas é o amor que damos a alguém que nos faz brilhantes e inesquecíveis."

Enquanto houver sol - Titãs


Quando não houver saída
Quando não houver mais solução
Ainda há de haver saída
Nenhuma ideia vale uma vida...

Quando não houver esperança
Quando não restar nem ilusão
Ainda há de haver esperança
Em cada um de nós
Algo de uma criança...

Enquanto houver sol
Enquanto houver sol
Ainda haverá
Enquanto houver sol
Enquanto houver sol...

Quando não houver caminho
Mesmo sem amor, sem direção
A sós ninguém está sozinho
É caminhando
Que se faz o caminho...

Quando não houver desejo
Quando não restar nem mesmo a dor
Ainda há de haver desejo
Em cada um de nós
Aonde Deus colocou...

Enquanto houver sol
Enquanto houver sol
Ainda haverá
Enquanto houver sol
Enquanto houver sol...

Enquanto houver um nascer do sol, sempre haverá uma esperança! Enquanto houver verdadeiros amigos....jamais ficaremos sozinhos!!!!!